quarta-feira, 3 de julho de 2013

Batom vermelho ideal

Gosto muito dos produtos da Vult, tanto pela qualidade quanto pelo preço, mas também pq é uma marca fácil de achar em qualquer farmácia de qualquer cidade. Durante os meses de gravidez recebi alguns produtos da Vult pra testar e dar minha opinião, mas acabei protelando, e agora que tô de "licença maternidade" e meio de molho em casa com o bebê, decidi retomar algumas resenhas de maquiagem (até pra melhorar a minha própria autoestima nesse período pós-parto)!

Sempre recebo emails das assessoria da Vult sobre os produtos da marca, e essa semana recebi um sobre batons vermelhos com sugestões de tom que achei bem interessante. Como tenho 2 dos batons mencionados (que recebi da marca), achei legal mostrar pra vocês e dar sugestões de outros vermelhos que eu gosto!


O batom vermelho é um item indispensável em qualquer nécessaire. Clássica e charmosa, a cor tem o poder de destacar a maquiagem em diversas ocasiões. Apesar de ser uma tonalidade chave, existe um vermelho ideal para cada tipo de pele. A Vult indica algumas cores de suas coleções, confira: 



1 - Batom cor 59 – O vermelho tomate como a cor 59 da Vult fica muito bem em morenas claras e orientais.
2 - Batom cor 01 – Para as morenas escuras, há diversas opções. Variam do vinho até o cereja. Uma boa dica é o clássico batom cor 01 da Vult.
3 - Batom cor 65 – Já para as brancas rosadas, a melhor opção é um vermelho rosado, como a cor 65.

Preço médio: R$ 8,00

Eu tenho a cor 59 e a cor 65, mas infelizmente nunca experimentei a cor 01, que provavelmente seria mais do meu gosto já que prefiro um vermelho mais clássico. 

Fotos porcas tiradas com a câmera do ipad... com um bebê recém-nascido do lado, optei pela praticidade! :-(

Na minha pele acho a cor 59 mega cheguei, laranjão mesmo, me deixa com cara amarelada/doente. Realmente deve ficar melhor em morenas, mulatas e negras, pq pra minha pele branca, ficou quase neon! A cor 65 já me agradou mais, realmente puxa pra um rosa, mas mesmo assim achei meio chamativo. Eu prefiro os vermelhos mais escuros e clássicos... 


Vale lembrar que esses batons da Vult são BEM secos, chega a ser desconfortável passar assim sozinho. Não sei se são vendidos como matte/opacos, mas com certeza são! Recomendo passar antes um pouco de Bepantol, Blistex ou Rosebud Salve. Antes de me maquiar, a primeira coisa que faço é passar uma camada de Bepantol nos lábios, aí hidratante no rosto, pq dá tempo de tudo ser absorvido antes de "botar a cara"! 

E já que eu não tenho a cor 01 da Vult que seria um "vermelho clássico", aqui vão algumas das minhas sugestões de vermelhos que eu gosto e tenho:

Que vergonha a porquice dos meus batons! próxima vez eu limpo antes de tirar foto... :-s


Teak Rose da Revlon - vermelho puxando pra um rosa, mas um rosa mais cor de boca, quase neutro. Apesar de estar parecido com o da Vult na foto, o da Vult puxa mais pra um rosa pink.
Red Revival da Maybelline - vermelho um pouco mais aberto, vivo, mas não chegueizão.
Viva Glam I da MAC - meu vermelho preferido, mais escuro, puxando levemente pro marrom.

Acho que os 3 são super usáveis pra qualquer tom de pele. Dos 3, o mais cremoso é o da Revlon. O da Maybelline é da linha COLORsensational que é matte e eu ADORO, mas infelizmente não veio pro Brasil. O da MAC é uma boa opção de vermelho neutro, já que eu achei (em mim) os famosos Ruby Woo e Russian Red muito chamativos!

Ainda tenho alguns batons vermelhos translúcidos, estilo lipbalm, mais fáceis de usar pq a cor é suave. Se alguém quiser foto/resenha, é só pedir nos comentários!

terça-feira, 2 de julho de 2013

Cursos gratuitos de maquiagem da Avon com maquiadores TOP!

Recebi esse email ontem e infelizmente é só em SP, mas achei legal divulgar pras meninas de lá!

Informações abaixo copiadas do Portal de Maquiagem da Avon:

Muitas pessoas correram para se inscrever e as vagas se esgotaram rapidamente. Mas esse sucesso todo fez a gente abrir vagas extras!!!
 Aproveite a chance de fazer aulas de maquiagem gratuitas e exclusivas com os maquiadores mais badalados do Brasil!!! E mais: quem fizer a aula, vai ganhar um brinde especial com vários produtos Avon incríveis!!!

Imperdível, né? Veja os detalhes:
 Quando e onde
Dia 04 de julho
Complexo Ohtake Cultural
Rua Coropés, 88 (entre Av. Faria Lima e Rua Pedroso de Moraes)
Pinheiros – São Paulo
Aulas
Pele perfeita, make poderoso
A maquiagem perfeita começa com uma pele perfeita. Nesta aula, você vai saber como escolher os produtos certos para o seu tipo e tom de pele, e saber como aplica-los para conseguir um resultado impecável.
 
O poder num piscar de olhos
Quer um olhar poderoso e que chame a atenção? Nesta aula você vai saber tudo sobre os esfumados clássicos preto e marrom; como usar combinações coloridas; diferentes traços para delinear; realçar seus cílios e sobrancelha.
Seus lábios com muito poder
Prepare-se para ter uma boca sexy, divertida, elegante e sempre poderosa. Nesta aula, você vai aprender a valorizar e transformar seus lábios para ter o estilo que quiser. E arrancar muitos suspiros por aí!

Mais informações AQUI!

terça-feira, 23 de abril de 2013

Resultado sorteio sapatilha Salve Jorge da Bottero



Antes tarde do que nunca! Peço mil desculpas pelo atraso na divulgação do resultado do sorteio, mas semana passada além do chá de bebê, teve meu aniversário e mais ordens médicas pra eu sossegar em função do baby, então acabei me enrolando pra realizar o sorteio.

No total foram 124 inscritas, e o sorteio foi efetuado usando o site random.org. Como o Google automaticamente organiza as inscritas no sorteio numa planilha e começa sempre com o número 2, o sorteio foi feito com os números 2 a 125 (primeira e última inscrita), e a sorteada foi a número 87:

E a sorteada de número 87 é a....





PAULA FREITAS de São Paulo!!!! PARABÉNS! \o/


Acabei de mandar um email pra Paula pra ela me enviar o endereço pra onde a assessoria da Bottero deverá enviar o sapato! Caso ela não responda em 3 dias, o sorteio será refeito!

Obrigada a todas que participaram!

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Sorteio sapatilha da Bottero!

Boas notícias!!! Eu que já fiz alguns sorteios aqui no blog de sapatos da Bottero, mas geralmente restritos a Grande Porto Alegre, dessa vez vou fazer sorteio pra TODO O BRASIL! \o/

A Bottero sempre cria alguns modelos de sapatos inspirados em novelas brasileiras, e dessa vez a escolhida foi a novela Salve Jorge. Olhaí os modelos dessa coleção, inspirados em personagens da novela:

Então se você quer ter uma chance de ganhar esse lindo sapato dourado (modelo Ayla) da coleção Salve Jorge da Bottero, é só se inscrever no formulário abaixo! Já aviso que o sapato é número 35 e que será enviado diretamente à sorteada pela assessoria da Bottero.
O sorteio vai até dia 17 de abril as 23:59 e o resultado será divulgado no dia seguinte. A sorteada será contatada via email e terá 3 dias para responder enviando seu endereço. Caso não responda, o sorteio será refeito com as pessoas já inscritas.

 SORTEIO ENCERRADO!

Ah, e além dessa coleção, também tem uma coleção inspirada na novela Guerra dos Sexos!

quinta-feira, 28 de março de 2013

Tonalizante Casting e cabelos brancos

Atualmente estou no finalzinho do 7o mês de gestação e já tava ficando de saco cheio da infinidade de cabelos brancos brotando da minha cabeça. Eu que geralmente sou loira (meu cabelo natural é loiro escuro, mas sempre fiz mechas loiras pra disfarçar os fios brancos que me acompanham desde os 17 anos), tava deixando meu cabelo na cor natural devido à gravidez. Minha obstetra já tinha liberado fazer mechas ou pintar depois do 4o mês de gestação, mas eu tinha cortado o cabelo bem curto e achei que não valia a pena fazer mechas, sem contar que rola sim um medinho de prejudicar o bebê em formação.


Aí em cima você meu cabelo durante algumas etapas da gestação: fundo loiro escuro (cor natural) com algumas mechas mais claras, começando mais comprido, e com o tempo foi ficando mais curto e mais escuro pq fui cortando as mechas fora.

Com o último corte agora em fevereiro ele ficou BEM curto, e os fios brancos ficaram mais aparentes devido a cor natural mais escura. Eu até ia deixar assim, mas como tenho um casamento pra ir agora no começo de abril, comecei a considerar a possibilidade de passar um tonalizante pra disfarçar os brancos sem mudar a cor do cabelo. Tenho PAVOR de cabelo dourado, laranja, cobre e também não queria deixar meu cabelo mais escuro do que já é. Lembro de experiências (ou melhor, traumas) anteriores com tonalizante em que meu cabelo ficou nesses tons ou que um tom que seria loiro escuro deixou meu cabelo parecendo preto!

Prefiro tonalizante porque é menos agressivo, não estraga tanto o cabelo, teoricamente cobre os brancos, sem contar que é temporário; se não gostar da cor ele sai depois de algumas lavagens. Eu pensei em usar o Casting Creme Gloss da L'oréal pq já tinha usado uns anos atrás. Minha prima que é cabeleireira sugeriu que eu usasse o tonalizante Richesse, também da L'oréal, mas como ele é um produto de uso profissional, teria que comprar o revelador e me daria mais trabalho além de sair mais caro. Só pra efeitos de comparação, o Casting é fácil de achar em qualquer farmácia e supermercado, o valor varia de R$16 a R$23 aqui em Porto Alegre e ele já vem com tudo pra ser aplicado, porém as cores são limitadas. O Richesse só se encontra em casas de produtos de beleza e só a bisnaga do tonalizante (sem o revelador) custa em média R$23 a R$26, mas a vantagem é que tem MUITAS opções de cores.


Depois de muito discutir essas questões com minha prima cabeleireira, analisamos os tons do Richesse e eu gostei muito das cores 7.02 (bege amadeirado), mas ela sugeriu o 7.13 (mel natural) por achar que daria um fundo mais bonito (ver na figura aí do lado). Como eu gostei da sugestão de tom dela, mas tava com medinho de usar uma cor com um tom 3 e ficar dourado/acobreado (pela estrela de tons ali da tabela, dá pra ver que o tom 3 = amarelo/dourado),  decidi usar o Casting primeiro por ser mais barato pra ver qual o resultado. Daí se gostasse investiria num tonalizante da Richesse de tom parecido.

Finalmente consegui achar um tom parecido no Casting, o tom Louro Avelã 713 e com um preço bom, R$16,58 no supermercado! Como meu cabelo tá bem curto, usei SÓ METADE (dividi a bisnaga e o revelador pela metade no olhômetro, misturei e apliquei com pincel apropriado).



Na primeira foto acho que dá pra ver os fios brancos... na verdade eu tenho sorte que eles são bem espalhados, então quando faço mechas ou luzes eles ficam bem disfarçados, mas com a cor atual dava muito contraste. A segunda foto foi no dia que usei o Casting. Como dá pra ver, a impressão é que a cor ficou mais escura do que a original, e com um tom um pouco mais quente mas que não chega a ser um dourado. Gostei porque cobriu os cabelos brancos, deu MUITO brilho e até que eu gostei desse tom um pouco mais escuro que o meu "loiro escuro" natural, só não esperava que esse tom escurecer o cabelo!

De acordo com a embalagem do Casting ele "dá relexos de cor visíveis e brilho gloss; dura até 28 lavagens e cobre até 70% dos cabelos brancos". A minha decepção foi nos 2 últimos aspectos...


Tudo bem que nas fotos acima a luz e o fundo utilizado não foram os mesmos (o primeiro é luz natural e o segundo é luz branca), mas dá pra ver bem que a cor deu uma clareada (tá mais parecido com minha cor natural) e os brancos já estão aparecendo. Fiquei desapontada, pq mesmo que eu lavasse o cabelo todo santo dia, ainda nem fechou 28 lavagens e o produto praticamente já saiu dos cabelos brancos... e olha que agora com o cabelo curto eu praticamente só lavo a cada 3 dias!!! Ah, isso que comprei o shampoo Elséve Colorvive que é pra prolongar a cor e brilho dos cabelos com tintura... Sim, o cabelo continua brilhoso (ainda tô usando a cada 3 lavagens o tal do condicionador de tratamento) e eu tô gostando desse tom atual, mas meus brancos tão tudo ali de novo... ou seja, vou acabar optando por meter umas mechas por cima disso pra disfarçar os brancos. :-(

Ah, uma coisa que me incomodou bastante foi o cheiro desse tratamento condicionador que é pra ter geléia real: parece fruta doce fermentada, odiei! Aquele cheiro fica pesteando o ambiente e me dá dor de cabeça; bem que eles podiam fazer um cheiro mais suave, porque o produto em si é bom e dá muito brilho.

Resumindo: se você quer cobrir os brancos, não use Casting Creme Gloss. Se você quer dar uma variada  de leve no tom do seu cabelo sem compromisso, pode usar sem medo. Também é bom pra dar um brilho, mas aí o mais difícil vai ser achar um tom próximo do seu pra não mudar muito.

Como eu ainda tenho metade do produto, devo passar de novo uns 3 dias antes do casamento só pra cobrir os brancos, e aí eu resolvo se faço mesmo as mechas loiras ou se tento usar um tonalizante profissional pra ver se cobre os brancos por mais tempo!

terça-feira, 19 de março de 2013

Revestindo cadeiras com tecido!

Uns 4 anos atrás quando fizemos os móveis da cozinha sob medida, tivemos dificuldade pra achar banquinhos na altura certa pra mesinha de apoio. Depois de várias buscas pela cidade finalmente encontrei um banco perfeito, mas achei o revestimento feio... um courino branco com cara de vagabundo. Na época achei o preço meio salgado considerando o tipo de revestimento, mas resolvei comprar e conviver na falta de outra opção. 
Com o tempo de uso, e principalmente as unhas dos gatos, o revestimento ficou meio encardido e todo furado. Eu que já não gostava daquele troço branco, agora tava com raiva pq a sujeira não saía de jeito nenhum e os gatos continuavam cravando as unhas (qualquer furinho aparece nesse tipo de material!). Aí lendo esse post do Superziper eu descobri a maravilha que é o grampeador de tapeceiro...  e o melhor foi descobrir que meu dindo tinha um dando sopa em casa! Não pensei duas vezes e lá fui eu tentar trocar o revestimento das banquetas...

Materiais utilizados:


- grampeador de tapeceiro e grampos
- tesoura
- caneta
- fita métrica
- tecido com estampa do seu gosto
- chave de fenda
- opcional: prendedores BEM fortes

Virando a banqueta descobri que embaixo tinha uma folha de plástico beeeeeeeeeeeeeeeem chinfrin, então desparafusei o assento da estrutura (só tinha 1 parafuso!) e resolvi cortar fora aquele plástico. 


Com medo de que o resultado ficasse pior que o original, resolvi colocar o tecido novo por cima do courino branco mesmo. Pra isso coloquei o assento sobre o avesso do tecido e tracei o contorno. Medi uns 6cm de folga em toda a volta da borda do assento pra que o tecido pudesse ser virado pra dentro e grampeado por cima do courino original e cortei em formato redondo:


É aí que entram os pregadores... pra conseguir manusear corretamente o grampeador, você precisa DAS DUAS mãos, ou seja, é impossível segurar o tecido com uma mão e grampear com a outra pq é necessária muita força pro grampeador funcionar! Então ou você usa os pregadores, ou pede pra alguém segurar o tecido enquanto você grampeia. Eu achei bem mais fácil usar os pregadores, até pq eu tava sozinha em casa e meu dindo já tinha me emprestado esses pregadores junto com o grampeador. :-) O ideal é ir colocando os pregadores à medida que você vai esticando e ajeitando o tecido, fazendo umas preguinhas no tecido pra acertar as voltas e aí sim grampear no espaço entre os pregadores.


Depois é só retirar os pregadores e grampear nos espaços em que o tecido não ficou muito firme. Por fim, é só colocar o assento de volta, parafusar e tá pronto! Muito fácil e rápido de fazer.

Na verdade a minha intenção nesse projeto era testar minhas "habilidades manuais" porque pretendo tentar revestir umas cadeiras da sala que os gatos destruíram com as unhas. Eu achei que fui aprovada e já dá pra encarar as cadeiras!!! Minha cozinha pelo menos ficou mais bonitinha e agora os furos feitos pelas unhas dos gatos não aparecem no assento!

Resultado final com o revestimento antigo e o novo: